Confirmado: Potita será titular

Potita estreia como titular em jogo contra o Vasco hoje

Com a lesão do substituto de Marquinhos, Gabriel, Potita vai entrar em campo

Aos 28 anos, Alessandrer Asloquer será titular do Bahia pela primeira vez no jogo de hoje, às 18h30, contra o Vasco, em Volta Redonda-RJ. Quem? Na verdade, não adianta chamá-lo pelo nome. O substituto de Marquinhos Gabriel, fora por causa de uma lesão na coxa, só atende por Potita.

“Sempre foi assim e não pretendo mudar. Apelido ou nome não vai influenciar em nada dentro de campo. A pessoa tem que jogar e estar bem”, avisa o atacante.

Contratado do J. Malucelli, do Paraná, Potita tem contrato até dezembro de 2014 e espera acabar o preconceito com boas apresentações. “É normal, pela grandeza do Bahia, a desconfiança quando se contrata um jogador desconhecido. Dentro de campo, vou mostrar quem eu sou”, garante.

Ao lado de Fernandão (à esq.), Potita treina para jogo contra o Vasco

Nascido na mineira Três Corações, terra do Rei Pelé, Potita foi revelado pelo Atlético local e depois rodou bastante. Passou por clubes como Caldense, Inter de Limeira, Democrata de Sete Lagoas, Nacional de Rolândia, Anapolina e Campinense antes do J. Malucelli.

Apesar da bagagem, só se destacou neste ano, quando fez nove gols no Paranaense. E acredita que o bom momento do Bahia pode ajudar na sua evolução dentro do Fazendão. “O momento que cheguei foi muito tumultuado. Agora o grupo está disposto, motivado. Temos condições de chegar lá e trazer os três pontos”.

Concorrência

Mesmo sendo o favorito para herdar a camisa 10 de Marquinhos Gabriel, Potita enfrenta a concorrência do americano Adu. O fato de não ser canhoto poderia ser um obstáculo, mas o atacante sabe vender seu peixe. “Me destaquei no Paranaense jogando pelo lado esquerdo. Se for jogar ali, não vai ter problema”.

O técnico Cristóvão Borges parece estar decidido. “Potita entrou muito bem (contra o Botafogo), com uma característica diferente, mas deu bastante equilíbrio ao time. A tendência é que ele inicie”.

Hoje em 7º lugar, o Bahia pode até dar a pausa para a Copa das Confederações na liderança do Brasileiro, se vencer.

Fonte: Miro Palma – Correio da Bahia

Foto: Correio da Bahia e ECB