Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Conselheiro apresentou ‘Plano para resgate dos sócios inadimplentes’

20

Conheça a proposta de “REFIS Tricolor”

Neste sábado 30 de maio de 2015, o conselheiro e membro do grupo Integridade Tricolor, Zildiney Campello, apresentou perante à mesa do Conselho Deliberativo solicitando encaminhamento à Diretoria Executiva do Esporte Clube Bahia a proposta batizada de “REFIS Tricolor”. Conheça agora detalhadamente o que foi proposto para o resgate do quadro social inadimplente do Esquadrão.

Objetivo:

O refinanciamento da dívida dos Sócios do Esporte Clube Bahia chamado de REFIS TRICOLOR, objetiva recuperar os mais de 15.000 sócios do clube que estão inadimplentes por diversos motivos, que não cabe neste momento relatar.

Após fazermos uma análise sobre a situação do clube no campeonato brasileiro da 2ª divisão, com o novo modelo de sócio que será lançado pelo clube e a grande probabilidade de acesso a 1ª divisão ao final deste ano de 2015, além das diversas noticias plantadas ou não no mercado da bola, sobre venda de jogadores e dispensa de alguns outros para poder manter a equipe em dia e ajustadas as suas finanças, é que fizemos este modelo de refinanciamento que além de recuperar os sócios do clube, irá trazer em média uma arrecadação de R$900.000,00 mês, cerca de R$10.800.000,00 ano. Valor este que achamos ser superior aos nossos atuais patrocinadores de camisa ou na lateral dos campos do fazendão, etc.

Lembro que se não for possível ser feito o REFIS TRICOLOR, poderemos perder esses sócios definitivamente ou indiretamente por outros modelos voltar aos tempos das anistias, fato que acho não ser mais cabível no clube.

Regras e Formas de parcelamento e pagamento:

  • As parcelas deverão ser pagas em cartão de crédito ou débito em conta corrente, não havendo a possibilidade de boletos ou cheques para o pagamento.
  • Não incidirá cobranças de juros e nem correção de qualquer natureza sobre as parcelas, que serão iguais e de valor mínimo de R$20,00, fixas e consecutivas;
  • O sócio terá seu direito reestabelecido de compra de ingressos com desconto para os jogos após o pagamento da terceira parcela do refis;
  • O sócio também estabelece seus direitos a votar e ser votado após um ano de pagamento das parcelas sem interrupção, quando seu débito for superior a 12 meses;

Nota Luis Peres @BahiaClub: Já havíamos cobrado tal procedimento mais de uma vez. Veja uma dessas dessas vezes: (leia Aqui).

Contudo, não seria absurdo a utilização do instituto da anistia. Nenhum inadimplente usou ou gozou dos direitos concedidos pelo plano de sócios neste período. Portanto, não tendo benefícios, com a anistia, o número de sócios atual poderia não ser alterado.

Neste caso, como 'penalização', poderiam ser criados além de um interstício para o direito de ser votado proporcional ao período da inadimplência, um tempo definido para a adesão ao plano sob pena de cancelamento.

É preciso lembrar que o clube por omissão, não tentou resgatar seus sócios ao longo deste período. A esfarrapada desculpa de sempre, objetivando questões eleitorais de manutenção no poder, fez com que o Bahia abdicasse desta importante receita.

Falando por baixo, uma irresponsabilidade administrativa grave.

Nunca é exagerado lembrar mais uma vez àqueles que fingem não ver que a auditoria realizada no clube quando da intervenção, apontou uma dívida total beirando os R$ 84 milhões. E que agora, apenas 2 após, a dívida mais do que dobrou, chegando à monta dos R$ 216 milhões. (Leia Aqui)

Ou seja: O Bahia levou 82 anos para dever R$ 84 milhões. E levou dois anos para mais do que dobrar esta dívida. Não pagou o CT, não montou nenhuma Seleção Brasileira, haja vista ter sido rebaixado, vendeu Talisca, Vendeu Pará… Para onde foi tanto dinheiro?

E nada foi feito neste período para resgatar os sócios inadimplentes.

O Conselho Deliberativo finge que briga entre si, mas nada faz e explica menos ainda.

Conveniente!   

Só não entendi a ideia do Sócio Contribuinte, em dentrimento do Sócio Patrimonial.

Será que vou descobrir? 

Comentários
Carregando...