Edigar Junio fala de conversa com Fernandão e sonha com G-7: “Mirar bem alto”

Edigar Junio concede entrevista coletiva (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (13), o atacante Edigar Junio falou sobre a sua grande fase ofensiva. O atacante marcou nove gols nos últimos oito jogos e é o goleador do Bahia no campeonato, com 11 gols. Com isso, o atacante ficou próximo de Fernandão, maior artilheiro do Tricolor na era dos pontos corridos, com 15 gols marcados no Brasileirão de 2013.

Edigar Junio falou que não tem rivalidade com Fernandão. Pelo contrário, o atacante tricolor falou que costuma conversar com o ídolo da torcida, atualmente no Fenerbahçe, da Turquia.

Mandar um abraço para o Fernandão. A gente conversa. Ele sempre manda mensagem, diz que está torcendo por mim. Eu estou aí para isso, buscando. A cada jogo querendo ajudar o Bahia com gol, passe, independente do que for, quero dar o máximo e colocar o Bahia sempre em cima na tabela. Se tiver que acontecer, vou buscar, vou querer. Ontem teve um pênalti, eu já chamei a responsabilidade para poder fazer o gol. Então, se tiver que acontecer, vai acontecer. Vamos continuar com humildade. Meus companheiros sempre me ajudando. Não consigo nada sozinho. Tenho que manter o foco. As coisas vão acontecer naturalmente.

Em um grande momento, Edigar Junio está próximo de superar o número de gols marcados na última temporada. Se em 2016, foram 16 gols, nesse ano o atacante já marcou 14.

É o melhor momento [da minha carreira]. Venho tendo bastante sucesso no Bahia. Como sempre digo, Deus tem feito o melhor para a minha vida. Isso vem dele. Só alegria. Espero que a gente possa comemorar juntos no fim do ano com nosso objetivo conquistado.

Faltando apenas quatro rodadas para o fim do Brasileirão, o Bahia está na 9ª posição, com 46 pontos, quatro a menos do G-7. O atacante acredita que o Tricolor pode conseguir uma vaga na próxima Libertadores.

A gente tem que mirar bem alto para poder alcançar os objetivos. A gente tem que buscar cada vez mais. E, se tiver possibilidade de alcançar o G-7, a gente vai buscar isso. Mas o importante é que, no final, todo mundo esteja feliz, comemorando e dando alegria à torcida.

O próximo desafio do Bahia no Campeonato Brasileiro é na próxima quarta-feira (15), às 20h, contra o Santos, na Arena Fonte Nova.

Leia também:
Em treino fechado, Bahia segue a preparação para enfrentar a Chapecoense
Juninho Capixaba quer triunfo contra a Chape: ‘Temos que ter um belo resultado’
FBF divulga tabela do Campeonato Baiano; confira o calendário do Bahia
Confronto entre Bahia e Chapecoense terá equipe de arbitragem de Pernambuco