Elenco destaca raça e recuperação

Elenco do Bahia destaca raça e recuperação contra o Inter

O 2 a 1 sobre o Inter, claro, foi intensamente comemorado. Para o elenco, representou uma prova da evolução da equipe, se não tecnicamente, pelo menos do ponto de vista emocional.

O tricolor, desde o Campeonato Baiano, parecia tenso, abatido e, segundo boatos, cheio de rixas internas. Porém, o triunfo no sul do País parece ter pulverizado de vez essa história.

Na saída do gramado, Titi festejou o resultado e afirmou quais eram os motivos do sucesso de ontem: "Ganhamos na base da força e da raça. Isso é o verdadeiro Bahia. Foi assim que fizemos uma grande partida e impusemos o nosso jogo".

O zagueiro, que foi capitão do time por dois anos, era tido como um suposto líder de um dos grupos dentro do plantel. Esse teria sido um dos motivos pelo qual ele perdeu a braçadeira para o volante Fahel, que lideraria um outro grupo.

Para o capitão Fahel, Bahia está ganhando a cara do técnico Cristóvão Borges

Contra o Inter, porém, os dois se abraçavam euforicamente após a partida. "É preciso enaltecer nossa garra e vontade. Ninguém acreditava em nós. Esse triunfo foi importante para todo o grupo. Nós estamos começando a ganhar a cara do Cristóvão Borges", declarou o capitão tricolor desde abril, apontando o técnico como um dos fatores da remotivação da equipe.

"Quando cheguei (duas semanas), vi que tinha que recuperar os jogadores psicologicamente. E eles estão reagindo bem ao trabalho. Esse triunfo maiúsculo foi para eles perceberem podem muito no campeonato", disse o treinador.

"Era o resultado que precisávamos para o grupo adquirir a segurança e confiança necessária", finalizou Diones.

Fonte: Ricardo Palmeira – A Tarde – 03/06/2013.

Imagem: Bahia Notícias e ECB divulgação