‘Estamos à vontade para trabalhar’

Cristóvão Borges sobre intervenção: "estamos à vontade para trabalhar"

 


 

"Uma interferência direta para nós não tem acontecido. Logicamente, isso caminha paralelo", explica o treinador do Bahia

Terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, com 11 pontos, o Bahia surpreende e mantém a regularidade em campo. Apesar da instabilidade política por que passa o clube, o técnico Cristóvão Borges garante que o trabalho do time não corre riscos. Para o comandante tricolor, a intervenção judicial que destituiu o presidente Marcelo Guimarães Filho não atrapalha a equipe na Série A.

"Não tem como ficarmos alheios à isso, fazemos parte do contexto, mas todas as pessoas envolvidas, o pessoal da intervenção, o presidente, que foi quem me trouxe, quem me contratou, todo mundo está interessado e procurando facilitar e contribuir para que o Bahia fique bem, para que o Bahia fique melhor. E isso a gente tem sentido, estamos tranquilos e à vontade para trabalhar. A gente está podendo direcionar o nosso trabalho todo para o campeonato. Então, uma interferência direta para nós não tem acontecido. Logicamente, isso caminha paralelo e ainda vai ter desdobramentos, mas nós estamos conseguindo trabalhar tranquilos", disse Borges, em entrevista à ESPN Brasil.

No primeiro jogo após a intervenção, o Bahia venceu o São Paulo por 2 a 1, de virada, no Morumbi. A próxima partida do Esquadrão de Aço é contra a Ponte Preta, neste sábado (13), às 21h, no Moisés Lucarelli.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: iBahia.com

Imagem: Reprodução – iBahia/ESPN