Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

F1: Hamilton larga na pole; Massa se supera e sai em sexto

0

Hamilton bate Nico por sete milésimos e é pole em Cingapura; Massa é o 6º

No apagar das luzes, britânico desbanca companheiro de Mercedes, que desabafa ao saber que perdeu pole: "Droga!". RBR divide segunda fila. Bottas fica apenas em 8º

Os holofotes na noite deste sábado em Marina Bay estavam voltados para a Ferrari. Afinal, Fernando Alonso havia mostrado força nos treinos livres e ousava ameaçar as quase imbatíveis Mercedes de Lewis Hamilton e Nico Rosberg no treino classificatório para o GP de Cingapura, válido pela 14ª  etapa da temporada 2014. O espanhol chegou a liderar o Q1, mas na “hora do vamos ver”, os carros vermelhos foram meros coadjuvantes.

Em uma das superpoles mais emocionantes do ano, Felipe Massa chegou a figurar no top até os últimos instantes. Mas no apagar das luzes tudo mudou. Com o cronômetro zerado, Daniel Ricciardo (RBR) assumiu a pole provisória, sendo desbancado logo em seguida por Rosberg, que anotara 1m45s488. Mas aí veio Hamilton, com a faca nos dentes. Guiando no limite, o britânico cravou 1m45s481 e tomou a pole position do parceiro por apenas sete milésimos. Assista aos melhores momentos do Q3 no vídeo acima. Ao saber pelo rádio que havia perdido o primeiro lugar para o rival na briga pelo título, Nico gritou: "Droga!". Confira no vídeo ao lado. O desabafo ficou apenas na pista. Na saída, o alemão líder do Mundial parabenizou o britânico, em um clima muito mais leve do que o demonstrado nas etapas anteriores.

Hamilton, Treino Classificatório de Formula 1 Cingapura (Foto: Getty Images)

Hamilton em ação no treino classificatório para o GP de Cingapura

O brasileiro ainda melhorou sua volta para 1m46s000, mas acabou em sexto no grid, após ser desbancando por Sebastian Vettel (RBR), o quarto, e Fernando Alonso (Ferrari), o quinto. De qualquer forma, um resultado acima das expectativas já que o travado circuito da cidade-estado asiática requer muita carga aerodinâmica, o que não favorece os carros da Williams. Seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, ficou apenas em oitavo, com 1m46s117, atrás de Kimi Raikkonen (Ferrari). Kevin Magnussen (McLaren) e Daniil Kvyat (STR) completaram os dez primeiros do grid.

Felipe Massa no iluminado circuito de Marina Bay, durante treino classificatório para GP de Cingapura (Foto: Getty Images)

Felipe Massa no iluminado circuito de Marina Bay, durante treino classificatório para GP de Cingapura

Q1

Grosjean e Sutil brigam por última vaga

A Ferrari comprovou a força mostrada nos treinos livres. Raikkonen e Alonso desbancaram as Mercedes no Q1 e fizeram os melhores tempos. Hamilton avançou em terceiro, e Rosberg apenas em sexto, atrás também de Button e Bottas. Massa deixou para tentar mas uma volta rápida no fim, saindo de uma perigosa 16ª posição para passar em 11º. Grosjean e Sutil protagonizaram a brigaram no fim pela última vaga do Q2. O alemão da Sauber chegou a empurrar o franco-suíço da Lotus para a zona de corte, mas levou o troco e acabou eliminado. Junto com ele, caíram também Maldonado (Lotus), Bianchi (Marussia), Kobayashi (Caterham), Chilton (Marussia) e Ericsson (Caterham).

Q2

Button decepciona e é eliminado

Hamilton liderou quase todo o Q2, desbancando as Ferraris de Alonso e Raikkonen, que vinham logo a seguir. Mas com o cronômetro zerado, Rosberg voou baixo e pulou para a ponta. Ele foi o único a baixar da casa do 1m46 ao cravar 1m45s825, colocando quase meio segundo no tempo do britânico. Massa também andou forte e se classificou para o Q3 com o quinto tempo, 1m46s472. Bottas passou em oitavo, atrás das RBR de Ricciardo e Vettel. As duas últimas vagas ficaram com Magnussen e Kvyat. A decepção ficou por conta de Button, que errou e foi eliminado, acompanhado por Vergne (STR), Hulkenberg (Force India), Gutiérrez (Sauber), Pérez (Force India) e Grosjean (Lotus).

Q3

Em Q3 emocionante, Hamilton desbanca Rosberg no apagar das luzes

Felipe Massa foi o primeiro a ir para a pista para o Q3 e encaixou uma excelente volta: 1m46s007. Na sequência, todos os competidores completaram suas voltas e não conseguiram bater o tempo do brasileiro da Williams. Ricciardo, Alonso, Raikkonen e Bottas vieram na sequência, relegando as Mercedes de Hamilton e Rosberg para a sexta e sétima posições. Os pilotos voltaram para os boxes, trocaram os pneus e foram para as últimas tentativas de volta rápida.

Com cronômetro zerado, Ricciardo bateu o tempo de Massa e assumiu a primeira posição com 1m45s854. Mas na sequência Rosberg veio e tomou a ponta com 1m45s688. Só que ainda faltava Hamilton. E o britânico vinha no limite. Mesmo fritando pneu em uma das freada, o britânico ainda conseguiu cravar 1m45s681, apenas sete milésimos à frente de Nico, conquistando a pole position. Em sua segunda tentativa, o brasileiro ainda baixou seu tempo para 1m46s000, mas acabou sendo empurrado para sexto, por Alonso. Raikkonen, Bottas, Magnussen e Kvyat fecharam o top 10.

GRID DE LARGADA

Grid de largada para o GP de Cingapura (Foto: GloboEsporte.com)

Circuito gp de cingapura  (Foto: Editoria de Arte)

Comentários
Carregando...