Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Fora de apenas 4 jogos no ano, Tiago Real destaca preparo físico

0

Sempre ele: fora de apenas 4 jogos no ano, Tiago Real destaca preparo físico

Meia tem participação em 33 das 37 partidas realizadas no ano e comenta má fase ofensiva do Bahia, que tem apenas três gols marcados nos últimos cinco jogos

Tiago Real é o jogador que mais atuou pelo Bahia em 2015 (Foto: Thiago Pereira)

São mais de 3000 minutos em campo em 2015. Participação em 33 das 37 partidas realizadas na temporada. Quase onipresente, Tiago Real se tornou peça indispensável no esquema do técnico Sérgio Soares. É o atleta que mais jogou pelo Tricolor neste ano. Homem de meio de campo que mais se aproxima dos atacantes para trabalhar jogadas ofensivas, virou um coadjuvante entre vários candidatos a protagonistas, o que não diminui a importância que possui para o elenco.

Das 33 partidas realizadas, Tiago Real foi titular em 32. A única como reserva foi contra o Luverdense, pela Copa do Brasil, quando Sérgio Soares decidiu poupar parte do elenco. Os números são motivo de comemoração para o atleta, que se diz orgulhoso por participar efetivamente da maior parte dos jogos do ano.

– Fico feliz [com o número de partidas jogadas em 2015]. Isso mostra que a gente tem um desempenho bom e a confiança de estar atuando. (…) Isso é um orgulho, apesar de ser muito cedo para ter esse tipo de sentimento. Tem muita coisa para acontecer nesse ano. Orgulho de fazer parte do começo de uma história que planejamos ser de muito sucesso. Mostra que o trabalho tem sido bem feito, confiança da comissão técnica. Espero que isso possa aumentar e chegar no fim do ano com esses números sempre em alta para ajudar a torcida do Bahia – comentou o atleta.

Real destaca que o número de partidas é também reflexo do bom preparo que o elenco recebeu durante a pré-temporada, além de uma prova do bom estado físico e mental que conquistou em Salvador.  

– Desde que cheguei, tenho dito que esse ano me preparei bem, fiz uma boa pré-temporada. Trabalhar como Reverson [Pimentel, preparador físico] foi um dos motivos de vir para cá. Sabia que teria uma parte física muito boa. Isso tem acontecido. Tenho feito trabalho de prevenção de lesões. Consigo correr todos os jogos os 90 minutos. Quando sinto um pouco de cansaço, eu falo. Fazemos exames para ver se estamos próximos de lesão. Os meus não têm dado nenhum tipo de problema. Estou feliz na cidade, no clube. Minha parte familiar está boa. Isso vai ajudando. Tem somado com os resultados. Estou tranquilo para o jogo, assim como todos os outros até aqui – comentou.

Tiago Real meia do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)

Meia participou de 33 das 37 partidas realizadas pelo Bahia no ano (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)

Tiago Real tem pela frente um clássico no próximo fim de semana. O duelo com o Vitória, no Barradão, pela 10ª rodada da Série B, será a 34ª partida do meia com as cores do Tricolor. Ele não terá a torcida do Bahia a seu lado para celebrar a marca, mas não se importa em jogar na casa do rival.

– A gente sabe que vai ter pressão da torcida adversária. Da nossa força de jogar com nosso torcedor. Quando fizemos um jogo lá com a torcida adversária, fizemos um bom jogo. Perdemos um jogador cedo e conseguimos um bom ritmo. Quase ganhamos com um chute do Rômulo. É um jogo diferente, mas são os mesmos três pontos de qualquer outra partida. Tem o clima do torcedor, por ser tratar de um clássico, mas temos que ter atenção para impor nosso ritmo como nos outros jogos. O nosso campeonato não é contra o Vitória e, sim, contra todos os outros adversários. Temos feito um bom ano. Que não mude muita coisa e possamos dar sequência no que estamos fazendo – declarou.

CRISE OFENSIVA

Após iniciar a Série B com um ataque bastante produtivo, o Bahia entrou em uma fase na qual os gols são artigos de luxo. Nos últimos cinco jogos pela competição, foram apenas três gols marcados. O desempenho é motivo de preocupação para alguns torcedores. Mas Tiago Real trata a questão como algo passageiro.

– A gente sabe que isso, durante o ano, vai alternar números ofensivos e defensivos. Algum tempo atrás, cobravam nossa equipe na parte defensiva e elogiavam a ofensiva. Até fizeram siglas. Vai ter alternância. Normal, são vários jogos. Vamos voltar a fazer vários gols, é natural. Podemos ganhar todos os jogos por 1 a 0 e vamos subir da mesma maneira. Temos que trabalhar para melhorar, mas as coisas acontecem naturalmente. Fazemos muitos treinamentos para melhorar ofensivamente, acho que pode acontecer nesse jogo, como pode acontecer nos próximos. Os gols vão sair naturalmente – comentou.

Se o ataque não atravessa boa fase, a defesa do Bahia vai na contramão. O Tricolor tem a melhor defesa da Série B, com apenas quatro gols sofridos.

Comentários
Carregando...