Kakay: ‘O processo contém erros’

Advogado de Marcelo Guimarães Filho critica intervenção e promete entrar com recurso

Segundo Antônio Carlos de Almeida Filho, processo que tirou Marcelinho do Bahia contém erros


O Advogado de Marcelo Guimarães Filho, Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, criticou o processo de intervenção do clube. Segundo Kakay, houve problemas e erros no processo que derrubou a liminar que mantinha Marcelo Filho no Bahia desde janeiro do ano passado. 

"É inadmissível querer tirar alguém da administração de uma ano e sete meses já passado, mais da metade, porque um único cidadão que foi alijado do processo eleitoral pede a intervenção do clube", disse o advogado ao programa Globo Esporte Bahia.

Segundo Antônio Carlos, o processo não apresenta acusações de irregularidades na gestão de Marcelo Guimarães Filho. Indicado pelo juiz Paulo Albiani , o interventor do clubes, o advogado Carlos Rátis, afirmou que o primeiro passo será conseguir a lista de conselheiros do clube. Uma nova eleição deve ser convocada.

"É importante ressaltar que esse processo não está julgando a gestão de Marcelo, não nenhuma acusação de nenhuma irregularidade. O que consta nesta ação, por incrível que pareça, é que um conselheiro impedido de votar foi ao judiciário não para votar, mas para fazer a intervenção do clube. E o que foi julgado hoje não foi o médio desta ação, apenas a época a cautelar que foi dada entrada que ele entendeu que não cabe", explicou Antônio Carlos.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: IBahia.com – Editoria Esportes

Foto: Galáticos Online