Postado por - Newton Duarte

Bahia bate o Jacobina por 3 a 1 e assume liderança do grupo 1

Bahia vence Jacobina por 3 a 1 e assume liderança do grupo 1

Neste sábado, o Bahia venceu o Jacobina por 3 a 1 pela 2ª rodada do Baiano, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Buscando a liderança do grupo 1, o Tricolor veio de uma derrota para o Vitória da Conquista por 2 a 0. Já o Jacobina também brigava para ser o primeiro colocado do grupo 2, após um empate com o Galícia na primeira rodada.

O jogo - Logo aos cinco minutos, Chicão se posicionou para cobrar a falta de longa distância. Ele bateu com a perna direita e mandou na área. Em condição legal, Titi cabeceou, mas a bola resvalou em Maxi Bianchucchi, que, impedido, mandou para o fundo da rede. O gol foi anulado pela arbitragem e o Bahia seguiu pressionando.

Pelo lado do Jacobina, o atacante Diniz aproveitou um corte mal feito pela zaga do Bahia, invadiu a área e mandou para o gol de Omar, mas a bola passou por cima do travessão e impediu que o jogador abrisse o placar da partida. Pouco depois, o Bahia quase marcou. Kieza recebeu na esquerda e seguiu sozinho, ficando cara a cara com o goleiro. Mas o jogador demorou para bater, dando tempo para a zaga do Jacobina se aproximar e Filipe realizar boa defesa.

Kieza foi autor de um dos gols do Bahia na partida - Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

Já aos 24 minutos, Maxi Biancucchi perdeu uma boa oportunidade. Ao receber um passe de Rômulo, o jogador invadiu a área e mandou a bola pela linha de fundo. O lance seguinte teve uma falta a favor do Jacobina em posição estratégica, mas na cobrança Breno mandou a bola na barreira e o goleiro Omar defendeu com tranquilidade.

Outra grande defesa do goleiro Filipe salvou o Jacobina no primeiro tempo. Maxi Biancucchi foi lançado na entrada da área e chutou com força. O goleiro se jogou e defendeu com o ombro. No rebote, Carlos seguiu para a esquerda, mas não encontrou nenhum colega para cruzar a bola e acabou perdendo a jogada.

Aos 37, Willians cometeu falta em Ailton na intermediária. O próprio Ailton cobrou e quase marcou, mas o goleiro Omar defendeu bem. Mas o primeiro gol veio aos 40 minutos. Kieza tabelou com Rômulo e, na cara do gol, mandou a bola para o fundo das redes, abrindo o placar para o Bahia. Já nos acréscimos, com 47 minutos de jogo, Bruno Paulista recebeu a bola próximo à grande área e marcou mais um para o time da casa.

No primeiro lance do segundo tempo, lateral do Bahia subiu junto com Fagner e tocou na bola com a mão. Foi marcado pênalti a favor do Jacobina. Em cobrança certeira, Balu diminuiu os marcadores a favor dos visitantes.

Omar foi responsável por grandes defesas pelo Bahia - Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

Já aos onze minutos, outro pênalti foi marcado no jogo. Desta vez, a favor do Bahia. Em lance difícil, Igor acabou recebendo a bola com o ombro na área, recebendo a penalidade máxima. Escolhido para cobrar, Chicão chutou com força. A bola ainda tocou as mãos de Filipe, mas o goleiro não conseguiu impedir as redes de balançarem.

Omar também realizou defesas complicadas. O goleiro tirou a bola com um toque e mandou por cima do travessão após um lançamento perigoso de Ananias. A partida seguiu sem grandes chances apresentadas por ambos os lados. O Bahia ficou trocando passes esperando pelo apito final do juiz. Nos últimos minutos, Chicão ainda tentou fazer mais um gol de falta, mas mandou a bola por cima do travessão do Jacobina.

Com este resultado, o Bahia assume provisoriamente a liderança do grupo 1 e se prepara para enfrentar o Jacuipense na próxima rodada. O Jacobina, por sua vez, receberá o Bahia de Feira em casa.

Em instantes, cobertura completa de Bahia 3 x 1 Jacobina em seu site torcidabahia.com .