Postado por - Newton Duarte

Bahia rejeita proposta da Ponte e Lomba segue no Bahia

Diretoria rejeita proposta da Ponte e Lomba segue no Bahia

Marcelo Lomba descansa durante treinamento no Fazendão

Por ora, o 'Paredão Tricolor', que viveu altos e baixos neste ano, continuará no Bahia em 2015. O clube rejeitou a proposta feita pela Ponte Preta, até agora o único time que mostrou interesse em contar com Marcelo Lomba para a próxima temporada.

Segundo o presidente do Tricolor, Marcelo Sant'Ana, a primeira proposta feita pela Macaca estava longe do que era esperado. "Fizeram uma oferta de empréstimo, mas a maneira como seria repartido o salário - com cada time pagando metade do valor - não era vantajosa para o Bahia", justificou.

Vinculado ao Esquadrão até o final de 2017, Lomba tem um dos maiores salários do elenco, em torno de R$ 120 mil. Como uma das  prioridades da diretoria é manter a folha salarial em até R$ 1,7 milhão - hoje, sem os jogadores que foram devolvidos, ela já é de R$ 1,4 milhão -, ninguém esconde a chance de negociar o camisa 1 caso apareça uma proposta melhor.

A saída, no entanto, dificilmente será por empréstimo. Pelo discurso do novo diretor de futebol do clube, Alexandre Faria, o Bahia não tem interesse em liberar Lomba 'de graça'. "O empréstimo não interessa. Não temos motivos para isso porque ele fez uma boa temporada. Tanto que existem clubes interessados", afirmou.

Segundo Faria, a proposta da Ponte foi entregue ao Bahia através do empresário do goleiro, Eduardo Uram. Perguntado se isso significaria um interesse de Marcelo Lomba em deixar o clube, o dirigente desconversou. "Não conversei com o atleta. Não posso afirmar isso pelo que os outros dizem, só a partir do momento que conversar com o próprio Lomba e ele me disser isso", rebateu.

Titi e Lucas ficam

Faria também comentou a situação dos zagueiros Titi e Lucas Fonseca, outros que possuem salários considerados altos. Pelo que diz o dirigente, ambos devem ficar no Bahia para a próxima temporada. "Ainda não recebemos qualquer proposta por eles. Na verdade, contamos com eles para a Série B", garantiu.

Sobre reforços, presidente e diretor confirmaram o interesse em Ricardinho, atualmente no Ceará. O meia, que tem contrato com o Vozão até o final de 2015, foi um dos destaques da equipe na Série B e um dos homens de confiança de Sérgio Soares.

"Não será uma negociação simples porque o atleta tem contrato longo com o Ceará, que também tem interesse em ficar com ele", explicou Faria. "A contratação envolveria pagamento de uma indenização, o que neste momento não é o que a gente procura", completou.

Sobre Jael, a novidade é que o Bahia estaria montando uma 'operação' para comprar os 40% dos direitos econômicos do atleta, que pertencem ao São Caetano. "Já conversei com ele, que realmente mostrou todo o interesse de jogar no Bahia. Estamos tentando acertar isso com o São Caetano", disse Faria, sem entrar em detalhes.