Postado por - Newton Duarte

Lateral minimiza vantagem do Vice e diz que gol 'está guardado'

Diego Macedo minimiza vantagem do Vitória e diz que gol "está guardado"

Na decisão do Campeonato Baiano, Rubro-negro joga por dois empates para se tornar campeão. Bahia precisa vencer

O lateral-direito Diego Macedo, do Bahia, não acredita que a vantagem do Vitória na final do Baianão seja importante. Com melhor campanha, o Rubro-negro pode ser campeão com dois empates nas finais. Mesmo assim, o jogador tricolor minimiza o fato e vê a necessidade de vencer como um ponto positivo para o Esquadrão.

"Na minha opinião, essa é uma vantagem muito perigosa, é uma vantagem meio traiçoeira. A gente tem que jogar tranquilo, temos 180 minutos para fazer gols. Acho que a gente tem que jogar na tranquilidade, não se empolgar muito, não sair rápido para fazer o gol, e fazer o gol naturalmente", disse Diego.

Participe e ganhe:

Leia o regulamento e cadastre-se no #UTBnaCOPAenoCORAÇÃOe participe do maior ‘JABÁ’ que o Futebol Baiano já viu

Porém, a vantagem tem feito a diferença nas recentes decisões entre Bahia e Vitória na final do Baianão. O próprio tricolor levou o caneco para casa em 2012 após dois empates. Questionado novamente, Diego explicou a opinião. "Ao mesmo tempo que você está pelo empate, você toma um gol e já inverte toda a situação. Então, acho que é um jogo difícil. Na minha opinião, essa vantagem não é muito vantajosa. Prefiro jogar do jeito que a gente está mesmo, precisando do resultado. A gente joga mais solto. Não tem aquela responsabilidade de só não poder tomar gol. A gente está lá para fazer gol, não para ficar preocupado em não tomar".

Gol - Após três jogos, o lateral ainda não marcou gol com a camisa do Bahia. Atacante no início de carreira, ele aparece muitas vezes na frente e garante que uma hora a bola vai entrar. "Está guardado. Sempre procuro falar para o meu pai e para a minha família que eu faço os gols importantes. Tomara que a minha estrela possa brilhar no domingo e eu possa fazer um gol para ajudar o Bahia. Na semifinal quase fiz um. Espero que nessa final possa sair".


Fonte: IBahia

Foto: Mauro Akin Nassor / Correio