Postado por - Newton Duarte

MMA? Cristóvão promete: 'Vamos para briga'

Para estragar festa cruzeirense, Cristóvão promete: 'Vamos para briga'

Uma vitória diante do Cruzeiro, domingo, às 16h (horário de Salvador) no Mineirão, deixa o Bahia em situação confortável em relação à luta contra o rebaixamento

Para o Bahia, o jogo contra o Cruzeiro é encarado como a primeira oportunidade de escapar da degola. Uma vitória contra os mineiros deixa o Tricolor bastante confortável em relação à fuga contra o rebaixamento. Com 45 pontos, o time tem três a mais que Fluminense e Coritiba, 16º e 17º colocados, respectivamente, e quatro a mais que o Vasco, 18º. Além de vencer, o time de Cristóvão Borges precisa torcer pelo tropeço de pelo menos dois desses adversários. 

Para o Cruzeiro, o jogo contra o Bahia não passa de mera formalidade. Cumprimento de tabela. Campeão brasileiro com quatro rodadas de antecedência, o principal atrativo para os mineiros no confronto será a entrega da taça. Será a festa do título.

Embora a partida não tenha grande valor para o Cruzeiro, o técnico Cristóvão Borges não espera moleza neste domingo, às 16h (horário de Salvador), no Mineirão. Nas palavras do treinador, o Bahia vai para a briga.

Confiante, Cristóvão Borges quer estragar festa do Cruzeiro

– É lógico que eles jogarem precisando ser campeão é diferente. Não tem a mesma importância. Mas tem dois pontos importantes: é último jogo no Mineirão e eles vão receber a taça. Então, eles têm outro tipo de motivação. É uma equipe de alta qualidade, a gente sabe que é pedreira. Mas nós estamos preparados. Vamos lá para briga – afirma o treinador.

– Eles estão conscientes (da importância da vitória). Nossa situação é clara: temos duas oportunidades para buscar a vitória e respirar. Essa é a primeira. Estamos cientes da dificuldade. O Cruzeiro é o campeão e vai receber faixa com o estádio lotado. Nossa missão é buscar a vitória. Estamos preparados para isso – completa.

Caso o Bahia não consiga se livrar do rebaixamento nesta rodada, terá que decidir a vida contra o Fluminense, no domingo seguinte, dentro da Arena Fonte Nova. Porém, o pensamento de Cristóvão é dar fim ao sofrimento da torcida tricolor o quanto antes. Para isso, terá que jogar água chop cruzeirense.

– Estragar a festa seria uma vitória nossa. Uma vitória deixa o Bahia muito tranquilo. A missão é dura, sabemos disso. Mas vamos para briga – finaliza um confiante Cristóvão Borges.


Fonte: Rafael Santana - GE.COM

Foto: Jayme Brandão/Divulgação/EC Bahia