Postado por - Newton Duarte

No primeiro dia, Kleina preferiu observação e conversa

Kleina deixa o apito com Charles e prefere apenas observar o time no treino

Treinador contou com apoio do interino para montar equipe

O primeiro dia de trabalho de Gilson Kleina no Bahia foi tranquilo. Conforme o técnico tricolor adiantou, esse é o momento para ouvir os conselhos de Charles, afinal, o time já encara o Corinthians amanhã, às 21h, no estádio Itaquerão.

Com pouco tempo para trabalhar a equipe, o novo treinador preferiu observar o comportamento do time. Depois de conversar com o elenco, Kleina ficou do lado de fora do campo e deixou Charles passar as orientações no treinamento coletivo, juntamente com o auxiliar Jair Leite, que veio com o treinador.

Kleina trocou ideias com jogadores como Railan, Emanuel e Branquinho. Este último, por sinal, foi o destaque da atividade com dois gols para a equipe reserva diante dos titulares. A equipe principal começou com Marcelo Lomba, Railan, Demerson, Titi e Raul; Fahel, Rafael Miranda, Léo Gago e Emanuel Biancucchi; Maxi e Kieza. Tomou 2x0.

Logo depois do treino, Gilson Kleina voltou a conversar com os jogadores. O diretor de futebol Rodrigo Pastana também acompanhou a atividade  no gramado do Fazendão.

Para o jogo de amanhã, Roniery, Guilherme Santos e Rhayner estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O meia Marcos Aurélio, gripado, foi poupado das atividades. Caso não melhore hoje, dificilmente viaja com o elenco. Se melhorar, sai Emanuel.


Fonte: Miro Palma - Correio

Foto: Divulgação/EC Bahia