Postado por - Newton Duarte

Santa Cruz 0x1 Bahia :: Raio-X: O Jogo; MM; Ficha Técnica; Notas e a Programação

Bahia sai na frente, segura o Santa e vence na estreia da Copa do NE

Mesmo jogando no Arruda, Tricolor de Aço consegue se impor, suporta as investidas da equipe comandada por Marcelo Martelotte e larga bem no torneio regional

Não poderia ter tido estreia melhor para o Bahia. Dentro do Arruda, diante do Santa Cruz, "carrasco" na Série B de 2015, os baianos jogaram o suficiente para exorcizar o fantasma. O gol de Juninho selou o placar de 1 a 0 e fez o Esquadrão largar bem no Grupo C da Copa do Nordeste. Se só um time de cada grupo tem a classificação assegurada (outros três melhores segundos colocados avançam), o time da Boa Terra fez bem o seu papel.

O primeiro tempo foi, de longe, o mais disputado. Foi quando surgiram mais chances de gols. Só o Santa Cruz criou três boas oportunidades, mas parou em Marcelo Lomba. Já Juninho aproveitou uma das duas do Bahia e abriu o placar em um chute de fora da área. Hernane Brocador ainda perdeu outra. No segundo tempo, o ritmo diminuiu, mas os baianos souberam jogar sob pressão e se defender bem. O Santa brigou para empatar, mas, muito desorganizado, não conseguiu.

Na próxima quarta-feira, o Santa Cruz volta a jogar. O adversário da vez é o Confiança-SE pela segunda rodada do Grupo C da Copa do Nordeste e o jogo será no Estádio Batistão, às 22h30 (de Brasília). Já o Bahia entra em campo no dia seguinte, quando enfrenta o Juazeirense-BA, às 20h15 (de Brasília) na Arena Fonte Nova.

           Santa Cruz

x

Bahia

Copa do Nordeste 2016 – Grupo C

Dia: Domingo

Data: 14/02/16

Horário: 16hs00 (SSA)

Rodada: 01

Local: Recife - PE

Estádio:Arruda

Público Total:

Público Pagante: 10492

Renda:R$ 180.225,00 

ARBITRAGEM

Árbitro

Charles Hebert Cavalcante Ferreira - AL (CBF-1)

Árbitro Assistente 1

Esdras Mariano de Lima Albuquerque - AL (CBF-1)

Árbitro Assistente 2

Maxwell Rocha da Silva - AL (CBF-2)

CARTÕES AMARELOS

Santa Cruz

Vítor e Wellington

Bahia

Hayner, Zé Roberto, Gustavo, João Paulo e Hernane

CARTÕES VERMELHOS

Santa Cruz

Bahia

GOLS

Santa Cruz

Bahia

Juninho

ESCALAÇÃO

Santa Cruz

Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé (Raniel), João Paulo e Lelê (Keno); Wallyson e Grafite

Tecnico:

Marcelo Martelotte

Bahia

Marcelo Lomba; Hayner, Éder, Gustavo (Róbson), João Paulo (Yuri); Feijão, Danilo Pires, Juninho; Luisinho, Edigar Junio (Zé Roberto) e Hernane

Técnico:

Doriva

RELACIONADOS

Santa Cruz

Bahia

Goleiros – Jean e Marcelo Lomba;

Laterais – Cicinho, Hayner e João Paulo;

Zagueiros – Gustavo e Robson;

Meio-campistas – Danilo Pires, Éder, Feijão, Gustavo Blanco, Juninho, Yuri e Rômulo;

Atacantes – Cristiano, Edigar Junio, Hernane, Luisinho, Jeam e Zé Roberto.

NOTAS

A atuação individual dos Atletas, Técnico e Arbitragem

Marcelo Lomba – Perfeito. Garantiu o triunfo. Até nas saídas de gol POSSÍVEIS, acertou. Nota 8

Hayner – Não repetiu a mesma qualidade do jogo contra o Flamengo de Guanambi. Não apoiou com a mesma intensidade e sofreu sufoco na marcação. Não está tendo ajuda do meio-campo. Nota 5

Éder – Ótima partida. Vacila no tempo das bolas altas e perde nos confrontos físicos. Por baixo foi muito bem. Nota 7

Gustavo – Mais uma vez lento. Parece não ter se sentido bem ao longo do jogo. Ainda assim tem marcado errado na hora do “bote”, como na primeira defesa difícil de Lomba, quando se posicionou mal, deixando o atacante dominar e girar. Nota 5

Robson – Sua condição está deixando o jovem ansioso. Notoriamente não quer ser responsável por erros alheios. O que sempre acaba acontecendo. Quer mostrar serviço demais. Nota 6

João Paulo – A despeito de ter jogado com uma virose, repetiu o mesmo jogo de todas as partidas: Atua entre as intermediárias, sendo razoável no apoio e fraco defensivamente. Nota 5

Yuri – Entrou para terminar a partida. Não pode mostrar seu futebol. Ainda mais, fora de sua posição. Nota 5

Feijão – Muita vontade e força física. Não levou cartão. Cobriu, quando deu, dos dois lados. Eu testaria como zagueiro numa emergência. Fez sua melhor partida após seu retorno do Flamengo, naquela tentativa persa de negociação do Empresário Carlos Leite e a Direção do Bahia, que envolviam os jogadores Gabriel Santos (Hoje no Flamengo como ele queria) e Lourival (que deve seguir o mesmo rumo num futuro próximo). Nota 8  

Danilo Pires – Esteve lento, e nesta jornada, ao contrário das demais, errou muitos passes. Deixou a desejar na cobertura. Nota 5

Juninho – Ainda está longe da sua estreia contra o Santos. Não está encontrando seu espaço em campo. Não consegue dar velocidade ao jogo. Contudo, melhorou em relação às duas últimas partidas. Pelo Golaço: Nota 7

Luisinho – Errou muito. Porém, não é justo julgá-lo pelo jogo contra o Santinha. Foi desprendido. Nota 5

Edigar Junio – Foi o mais fraco em campo. Apagado e sem criatividade. Não produz aberto pela esquerda. Permitiu-se marcar com facilidade. Não voltou para ajudar. Nota 4

Zé Roberto – Não teve tempo para mostrar seu futebol. Nota 5

Hernane Brocador – Perdeu um gol incrível. Quase fez um sensacional. Muita luta, apesar de ter ficado isolado. Isso tem se repetido.  Nota 7

Doriva – Precisa atentar para a lentidão no meio-campo. Precisa atentar para a falta de cobertura e apoio dos laterais. Com a presença de Feijão diminuiu o vazio da frente da zaga. Precisa verificar a falta de recomposição rápida quando sofre um contra-ataque. Faz o que pode. Nem todos os contratados estão rendendo o que diziam que poderiam render. O banco de reservas não tem suprido as necessidades. Nota 6

Arbitragem – Errou. Errou muito. Para os dois lados. Deu cartões em jogadas bobas. Não deu cartões quando deveria. Acertou ao anular o gol de cabeça. Não deu um pênalti claro para Santa Cruz. Acabaram influindo no resultado do jogo Nota 3

O Melhor – Marcelo Lomba

Menção Honrosa e com Louvor: Feijão

O pior: Edigar Junio   

Menção negativa – A marcação e a cobertura pelas laterais.

Pra lembrar ou esquecer - A bola aérea defensiva do Bahia, também originada da permissividade dos laterais e volantes.

PROGRAMAÇÃO

Confira a agenda tricolor para esta semana

Depois do terceiro triunfo seguido, o elenco do Bahia terá mais dois compromissos nesta semana, pela Copa do Nordeste e campeonato baiano.

Confira a programação semanal completa:

Segunda-feira (15/02) – 15h30 – Treino – Ct do Sport

Terça-feira (16) - 08h30: Treino, Fazendão;

Quarta-feira (17) - 08h30: Treino, Fazendão;

Quinta-feira (18) - 19h: Jogo contra a Juazeirense, Fonte Nova;

Sexta-feira (19) - 10h00: Treino, Fazendão;

Sábado (20) - 08h30: Treino, Fazendão;

Domingo (21) - Jogo contra o Colo-Colo, Mário Pessoa.

*Programação divulgada no release para a partida contra o Santa Cruz