Postado por - Newton Duarte

Vice-presidente explica afastamento e negociação para manter CT's

Vice-presidente do Bahia explica afastamento e negociação para manter CT's

Vice-presidente do Bahia explica afastamento e negociação para manter CT

Valton Pessoa reapareceu. Distante dos holofotes desde o mês de agosto, quando decidiu não ficar mais à frente do departamento de futebol, o vice-presidente do Bahia, apesar do momento de crise da equipe no Brasileirão, esclareceu alguns assuntos envolvendo o tricolor baiano nesta terça-feira (4).

Sobre o 'sumiço', Valton Pessoa alegou divergências internas e dedicação exclusiva para negociação do clube com OAS sobre os centros de treinamentos. "Eu, desde o início, informei que não poderia seguir na frente com tanta intensidade. Sou empresário, com um grande escritório, e foi uma coisa natural me afastar do futebol. Além disso, passei por divergências internas e o presidente Fernando Schmidt, preocupado com o clube, me delegou uma missão muito importante", declarou em entrevista na rádio CBN.

Quanto ao processo de negociação para manter o Fazendão, juntamente com a Cidade Tricolor como patrimônios da agremiação, o vice-presidente tricolor assegurou que o Bahia, nesta quarta-feira (5), concretiza o acordo com a construtora. "O Bahia, nesta quarta, assina o acordo com a OAS, e depois vamos para aprovação do conselho. Vamos ficar com o Fazendão, a Cidade Tricolor, além de um terreno de acesso da via principal ao Fazendão. Fora isso o clube segue com uma dívida de 23 milhões, que será paga em parcelas", explicou.

O acordo entre Bahia e OAS também prevê um repasse de quase 8 milhões de transcons, após o pagamento da Prefeitura de Salvador pela desapropriação da sede de praia.