Nove anos de espera

BaxVice de domingo pelo Campeonato Brasileiro é o primeiro em nove anos

 


Um BaxVice como nos velhos tempos. Pelo menos, a expectativa do torcedor baiano é de um clássico carregado de rivalidade, superstições, tabus e muita adrenalina, com a garantia de casa cheia, a volta da “velha” Fonte Nova com a grandeza e a força de um público superior a 50 mil pagantes nas arquibancadas da Arena.

Até o início do clássico entre os dois maiores clubes do futebol baiano e do Norte-Nordeste do País, domingo, dia 21, terão se passados 9 anos, 9 meses e 9 dias sem a disputa de um BaxVice válido por um Campeonato Brasileiro.

O último foi disputado no dia 12 de outubro de 2003, com o triunfo de 2 a 1 do Vitória sobre o Bahia, no Estádio Barradão, na Toca do Leão.

Desde a quarta-feira à tarde o torcedor pode comprar o ingresso para o clássico BaxVice nas bilheterias da Arena Fonte Nova, mas, provavelmente, o que restar da carga de bilhetes. Só no primeiro dia de venda, pela internet, ticketmix e bilheterias, mais de 12 mil e 500 ingressos foram vendidos.

O setor norte da Arena, onde ficará localizada a torcida rubro-negra – Ladeira Fonte das Pedras –, os ingressos foram esgotados. O que aconteceu também no setor leste, ingressos destinados aos torcedores do Vitória. Para a torcida tricolor, os ingressos estão à venda na bilheteria Sul, do lado do Dique do Tororó, e para a torcida rubro-negra, nas bilheterias da Ladeira da Fonte Nova.

Além disso, as vendas continuam pela internet, no  www.itaipavafontenova.com.br, e na Ticketmix dos shoppings Salvador, Iguatemi e Paralela. Os ingressos custam a partir de R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia), com a obrigação da apresentação da carteira de estudante para ter acesso ao estádio.

Atualmente, o Vitória é o vice-líder da Série A com 13 pontos ganhos, um a mais que o Bahia, 7º colocado, com 12 pontos. Com tanta motivação, além do maior público, o BaxVice de domingo pelo Campeonato Brasileiro deve também registrar a maior arrecadação de clássico entre Bahia e Vitória, com a previsão de uma renda superior a R$ 1,5 milhão.

O maior público da história dos clássicos BaxVices em Brasileiros, na pesquisa do professor e estatístico Marcelo Lopes Monteiro, enviada para a Tribuna, ocorreu no Brasileirão de 1997, no dia 27 de julho de 1997. Foram 79 mil 824 pagantes no Estádio da Fonte Nova para ver um empate de 3 a 3, com gols de Bebeto Gama (2) e Túlio Maravilha para o Vitória, e Zinho, Emerson e Everton Luiz para o Bahia.

“Eu estava lá e presenciei esse jogaço. O Vitória estava perdendo por 2 a 0 e virou pra 3 a 2. Faltando quatro minutos para o fim, o Bahia empatou”, lembra o professor e torcedor rubro-negro Marcelo Lopes Monteiro.


Tabela interativa da Série A com atualização online


Fonte e imagem: Tribuna da Bahia – Reginaldo Ipê