O Bahia esta sendo ridicularizado

Intervenção: o Bahia esta sendo ridicularizado, afirma Kakay

“O que está em jogo neste processo não é a direção de Marcelo Guimarães Filho ou a moralização do Esporte Clube Bahia. Isso é uma mentira. As pessoas precisam entender que a decisão foi desmedida, não jurídica, na minha opinião, e até passional”, assim iniciou a resposta à reportagem do Bocão News, o advogado Antônio Carlos Almeida, Kakay.

Após a desembargadora Lisbete Almeida solicitar mais informações sobre o caso, o influente advogado conversou com pessoas ligadas ao futebol e, segundo atesta, todos se mostraram perplexos e temerários com o precedente. “Confio na Justiça da Bahia, mas acredito que é preciso decidir com rapidez, pois o Bahia e a Bahia estão sendo ridicularizados e o futebol brasileiro corre riscos”.

Kakay revelou a indignação do delegado do conselho do Atlético de Madrid, clube tradicional da Espanha, Miguel Ángel. “Ele ficou sem acreditar que isso fosse verdade. Ficou perplexo”, relata o advogado. “Ángel chegou a falar em não fazer negócios com futebol brasileiro caso se confirme a interferência do Poder Judiciário em um caso como este”.

Outro personagem com participação ativa no futebol, o empresário uruguaio Juan Figer, também se manifestou contrário ao que está acontecendo no Bahia. Figer é responsável por importantes negociações na história do futebol mundial. Atualmente, ainda representa jogadores como Kaka, Júlio Baptista, Zé Roberto através da agência de MJF Publicidade e Promoções.

Nomes como Romário, deputado federal com destacada atuação na fiscalização das ações da CBF, estão solidários ao clube baiano.

Empresário do Banco BMG engrossa as fileiras de indignados e apreensivos com a situação, além do senador José Perrella, ex-presidente do Cruzeiro, que prometeu levar o assunto ao plenário da Casa Alta em Brasília.


Tabela interativa da Série A com atualização online


Fonte: Bocão News – Luiz Fernando Lima

Fotos: Reprodução – Bocão News