Sérgio Araújo não é mais técnico do time sub-20 do Bahia

Sérgio Araújo não é mais técnico do time sub-20 do Bahia

Técnico lamenta saída, mas exalta trabalho feito e diz entender momento de mudanças por que passa o clube

Dando continuidade as mudanças no clube, a diretoria do Bahia demitiu nesta quinta-feira (6) o técnico Sérgio Araújo, que comandava os times sub-18 e sub-20 desde junho do ano passado. Entre os feitos do comandante, estão a oitava colocação na Taça BH, a quarta colocação na Copa do Brasil sub-20, um terceiro lugar na Copa São Paulo de Futebol Júnior e um título baiano na categoria sub-18.

"Dentro do que o Bahia tinha como objetivo, que era formar uma equipe forte e revelar bons jogadores, nós conseguimos fazer. Com isso em vista, obviamente ninguém espera sair, mas entendo perfeitamente devido a mudança de gestão, é um processo natural. Sabia que um novo gestor não iria contar com os profissionais que já estavam no clube anteriormente, então, infelizmente, já tinha essa expectativa. Agradeço ao Bahia pela oportunidade de trabalhar no clube, um clube grande e de muita tradição. Infelizmente, o Bahia vive hoje uma crise política, uma situação que essa torcida maravilhosa não merece. Saio com a cabeça erguida e com sensação de dever cumprido, esperando um dia poder voltar", disse Sérgio, por meio da sua assessoria de imprensa.

O ex-treinador da base tricolor também fez questão de ressaltar os jogadores com quem trabalhou. "Foi um aproveitamento muito bom dentro do que foi traçado e planejado. Cheguei no clube com alguns jogadores desacreditados, como o Feijão, que a gente trouxe de novo para o elenco. Recuperamos o jogador e ele foi um dos destaques da Copa São Paulo. Com o Talisca, que hoje está na Seleção Brasileira Sub-20, também fizemos um trabalho interessante junto ao jogador, inclusive sendo promovido ao profissional pelo Jorginho. Cito também o Maracás, que estava de saída do clube, a gente apostou e foi destaque, teve participação efetiva na Copa do Brasil e na Copinha".

Antes de Sérgio Araújo, a direção já havia demitido o coordenador Newton Motta e os técnicos Gilmey Aimberê e Sérgio Passarinho, todos da base. Desde o vexame no Baianão, também saíram Joel Santana, Eduardo Barroca, Paulo Angioni e Ademir Ismerim.

Fonte: Redação iBahia.com >> Correio da Bahia

Imagem: Marina Silva – iBahia