Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

‘Torcida gosta de mim’: Desabafa Barbio após vaias

0

William Barbio supera vaias, desabafa e diz: "torcida gosta de mim"

Atacante entrou sob vaias da torcida no segundo tempo de jogo contra o Sport, mas acabou sendo importante na vitória em casa

O atacante William Barbio acabou sendo um dos protagonistas do Bahia no triunfo sobre o Sport, por 1×0. Vaiado pela torcida tricolor ao entrar no lugar de Diego Macedo, que vinha bem no jogo, aos 22 minutos do segundo tempo, ele superou as críticas e acabou se tornando peça importante no resultado conquistado pela equipe na Arena Fonte Nova.

O camisa 38 do Tricolor colocou fogo na partida com boas jogadas pelas pontas e, aos 27 minutos da etapa final, foi o responsável pelo lance do gol de Railan. Ao deixar os marcadores para trás no lado esquerdo de ataque do Bahia, ele cruzou e a bola acabou sobrando para o lateral balançar as redes. Barbio comemorou como se tivesse marcado o gol e bateu no peito, mostrando o escudo do clube.

Após o jogo, o atacante saiu aplaudido. "Acho que é assim, a vida do jogador não é só alegrias. A torcida gosta de mim. Tive uma passagem muito boa aqui no ano passado, sei que é coisa do time. O time está mal, mas pude entrar hoje e ajudar a equipe a sair com essa vitória. E a vitória é do grupo", disse Barbio, que explicou o desabafo na hora do gol.

"Desabafar um pouco das más partidas que eu venho fazendo, quando estou entrando. Dei um passe errado que não posso errar em uma partida aqui. Vinha me cobrando. Agora fico mais tranquilo para ajudar o Bahia a buscar os resultados", completou.

Criticado na hora da substituição, Gilson Kleina explicou a opção por William Barbio. "Esse era um jogo que nós precisávamos do drible. Eles estavam com duas linhas de quatro, só que quando a gente caía essa bola pelo lado, nós voltavamos e aí a marcação deles estava um pouco melhor, porque encaixava mais os espaços. Aí conversamos com o William que precisamos do drible, com o Rafinha, para ele levar em cima… Um jogo como esse, de muita marcação, o drible é fundamental".

Kleina também falou sobre as vaias e enalteceu a postura de William Barbio em campo. "No momento que você tem uma cobrança e seu próprio torcedor começa a vaiar fica mais difícil, por causa da situação que a gente está. A gente pede, ao mesmo tempo que chamei o William, tivemos uma vaia um pouco sonora, e ele fez a diferença para nós. Se ele não tem a personalidade… E vou dizer, esses jogadores, principalmente o William, têm uma identidade muito forte com esse Bahia", completou o treinador.

Com 26 pontos, o Bahia deixou a zona de rebaixamento e ocupa o 15ºlugar. Porém, pode voltar para o Z4 a depender dos resultados de Botafogo x Goiás e Palmeiras x Vitória.

Comentários