Três, três passará…

Cristóvão fala sobre possível fim de 'trio' no time titular do Bahia

Técnico não garantiu presença dos volantes na equipe principal

Técnico não garantiu presença dos volantes na equipe principal


Logo quando chegou ao Bahia, em maio deste ano, o técnico Cristóvão Borges ousou e se desfez do esquema de três volantes, adotado pelos últimos treinadores do clube. Sem descartar futuras mudanças de esquema tático, o comandante do Tricolor tem adotado o 4-2-3-1, embora não tenha abolido o 4-3-2-1 dos seus planos. Com essa ‘nova cara’ na equipe, o trio formado pelos volantes Fahel, Diones e Hélder – que há dois anos atuam juntos e são figurinhas carimbadas no time titular – pode chegar ao fim.

Para a partida que marcará o retorno do Bahia ao Campeonato Brasileiro, neste domingo (7), Cristóvão terá mudança nos planos de quem irá a campo. Com a suspensão de Diones, expulso no último jogo, e a lesão de Hélder – que segue como dúvida -, o técnico não tem outra opção: desmanchará o trio e mandará apenas dois volantes a campo. Além de Fahel, Rafael Miranda, que agradou desde que chegou e vem treinando diariamente entre os titulares, fará a sua estreia.

Fahel, Diones e Hélder formam trio no time titular do Bahia desde 2011

Quem pensa que a separação do trio preocupa Cristóvão, no entanto, se engana. Questionado as titularidades de Fahel, Diones e Hélder estão ameaçados, o técnico é categórico.

“Eu não estava nem sabendo disso (que eles jogavam juntos há dois anos) e confesso que não estou preocupado se vai haver separação. Quem me der a melhor resposta, vai jogar. Pode ser que coincida o fato de os três jogarem juntos, mas agora temos novos jogadores de qualidade e não garanto quem será titular, temos que testar. A disputa está boa, do jeito que eu gosto. Com respeito, com todos querendo jogar. Só espero que todos estejam aptos, mas não penso nos atletas como trio”, disse em entrevista ao CORREIO.

Cristóvão, que chamou a atenção por não se apegar ao status de “titular” e “reserva” dos jogadores, tem o hábito de dar chances a todos os atletas que compõem o elenco. Nos dois últimos jogos-treino, por exemplo, o técnico testou 19 jogadores. Além disso, reafirma a cada entrevista coletiva que todos atuarão no Campeonato Brasileiro.

Retorno com mudanças

O Bahia volta a campo às 16h do dia 7 de julho, na Arena Fonte Nova, onde irá enfrentar o Corinthians. Cristóvão ainda não desvendou se mandará a campo um time armado com o 4-2-3-1 ou o 4-3-3, mas, por enquanto, a provável equipe titular será formada por Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Fahel e Rafael Miranda; Anderson Talisca, Potita e Ítalo Melo; Fernandão.

Atualmente, o Bahia ocupa a 8ª posição na tabela. Em cinco jogos, o time baiano venceu dois, empatou dois e perdeu um, chegando à marca de 8 pontos somados.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte e foto: Fernanda Varela – Correio*

Fotos: Arquivo Correio