Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Anderson diz que ataque do Bahia é um dos melhores do Brasil e vai encaixar

Goleiro concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (6)

Anderson concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)
105

Nesta terça-feira (6), o goleiro Anderson concedeu entrevista coletiva no Fazendão. No Bahia desde 2016, ele é considerado um dos líderes do elenco, ficando conhecido por algumas preleções antes dos jogos. Bastante experiente, o jogador falou sobre a importância de apoiar a equipe neste momento de má fase:

A gente tem que falar da importância e do peso da camisa do Bahia. A gente ajuda. Dentro de campo, a gente se doa ao máximo, se dedica, avisa o que vai acontecer. Por isso é bom ter 34 anos. A gente conversa [Rodrigo] Becão, com os mais novos, para explicar isso aí. O foco é trabalhar. É ter tranquilidade. E quarta-feira vai encaixar, se Deus quiser.

O Tricolor começou muito mal a temporada, com apenas dois triunfos em seis partidas. Anderson falou sobre a importância de um bom resultado contra o Vitória da Conquista, nesta quarta-feira (7) e pediu o apoio da torcida, fundamental para superar o momento ruim:

Vai ser um jogo difícil. A torcida do Bahia vai ser fundamental para a gente. Eles sabem disso. No ano passado, na maioria das vezes em que a gente precisou deles, foram fundamentais para a gente. Acho que no Ba-Vi da semifinal da Copa do Nordeste, 70% da partida eles jogaram com a gente. Quando a torcida está com a gente, jogamos juntos. Falo para todo mundo que, quando estamos juntos, somos mais fortes. Sei que não está do jeito que eles querem, mas vai ajustar.

Neste início de temporada, o ataque do Bahia marcou apenas quatro gols nas seis primeiras partidas. Para Anderson, está má fase se deve à falta de entrosamento dos jogadores:

A gente conversa com setor ofensivo, defensivo, meio-campo. O Guto trabalha isso todo dia. A gente tem bons atacantes. Falei ontem para Rafael que o Bahia tem hoje um dos melhores ataques do Brasil. Você tem Allione, Régis, Zé Rafael, Edigar, Kayke… Quando encaixar, vai encaixar legal. Ano passado, Edigar ficou sete jogos de fora, e quando voltou fez dez gols. É igual a andar de bicicleta. Não vai desaprender nunca

Confira o que Anderson falou em entrevista coletiva

Concorrência no gol
– O Bahia está bem servido de goleiro. O Deijair, Cassiano são excelentes goleiros. Quando cheguei aqui. tinha uma carência, quando Lomba saiu, Muriel. Todo mundo tinha dúvidas sobre goleiro. O Jean foi muito bem no ano passado, eu também quando joguei, Rafael, excelente goleiro, o Douglas dispensa comentários. O Bahia está bem servido de goleiro. É ter tranquilidade, trabalhar.

Próximo Ba-Vi
– No ano passado, começamos bem e perdemos o Ba-Vi. Então essas coisas acontecem no futebol. A gente não pode estar lamentando, pensando. Como Guto fala, tem quer trabalhar jogo a jogo. Você está vendo o time se empenhando, jogadores correndo. Mas isso não é desculpa. Sabemos que quarta-feira temos que mostrar futebol, agradar a torcida e ser aplaudido.

Gramado da Arena Fonte Nova
– A gente está aqui para trabalhar. Sempre queria jogar em campo bom. A gente sabe que estaduais. Quando a gente veste essa camisa aqui, tem que pegar de todo jeito. Conversando com alguns funcionários da Fonte Nova, eles falam que do lado esquerdo que a gente entra é o lado que não pega sol. É o lado mais castigado. É um esforço dos caras, tem muitos shows lá. O gramado é bom. A gente fica triste um pouco, porque todas as arenas que você vai ver, Arena Pernambuco, do Corinthians, têm esse defeito. Negócio mal projetado. Não tem muito o que falar, não.

Comentários
Carregando...